O Olavo conseguiu.

Disse certa vez Hugo Von Hofmannsthal que “nada está na realidade política de um país, que não esteja primeiro em sua Literatura”. Esta frase resume o que aconteceu no último dia 28 de outubro, em que um candidato de direita foi eleito. Como assim? Desde a década de 90 do século passado, um homem, sozinho, traído pelo país que ama passou a ser a única esperança do país no momento de crise. Seu nome é Olavo de Carvalho.

A eleição presidencial de 2018, que elegeu Jair Bolsonaro como 38º presidente do Brasil — o primeiro militar eleito desde 1945 — teve sua semente lançada na literatura produzida pelo Olavo. Este, esteve presente na mídia convencional brasileira durante a ascenção da esquerda ao poder e anunciou sobre perigos como o Foro de São Paulo. Sem ouvidos. Os anos se passaram e ele continuava avisando. Ninguém deu bola. Até que numa serie de vídeos do True Outspeak, Olavo começou a quebrar a resistência esquerdista como um quebrador de pedras que usa dois ou três pontaletes para rachar em dois um bloco de rocha firme.

E assim, suas ideias presentes em obras como A Nova Era e a Revolução Cultural, O Jardim das Aflições e O Imbecil Coletivo, marcaram a literatura nacional e culminaram no efeito político de eleger um presidenciável no último dia 28 de outubro. Não foi necessário milhões, nem equipes infladas. Apenas o poder da comunicação e a força de uma personalidade.

Entretanto, é importante entender o fenômeno Olavo-Bolsonaro do ponto de vista da comunicação. Afinal:

  1. Como isso foi possível (quem criou o ‘monstro’)?
  2. Como um candidato sem muitas habilidades e cônchavos chegou ao poder falando a verdade?
  3. Porque tanta oposição artística e midiática?

As respostas a estas perguntas, estão neste pequeno vídeo:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: